Sábado, 10 de Outubro de 2009

Mudança de paradigma

“Apesar de vivermos mais anos, com mais saúde e melhores condições materiais, nunca houve tantos casos de depressão (aumentaram 7 vezes em 20 anos), tantas perturbações de comportamento, tantas tentativas de suicídio, tanta solidão.

            A sociedade de bem-estar é uma sociedade de frustração. Depois da década de 60, desenvolveu-se a ideia de que o consumismo cria decepção porque mostra o que você não vai ter (…).

O que é preciso corrigirmos é o lugar que o consumo ocupa nas nossas vidas, fazendo-o numa ética da pessoa. Mas, só uma outra paixão poderá permitir reduzir a paixão consumista; temos de inventar uma pedagogia, uma política de paixões capaz de mobilizar os afectos fora do consumível, da compra: no trabalho, na criação, no desejo, na arte, temos de criar uma ecologia mais equilibrada da existência. O crucial é que as satisfações aconteçam fora dos paraísos passageiros do consumo.”

                                                                               Felicidade paradoxal, Gilles Lipovetsky

 

Precisamos encontrar uma realização que seja menos baseada no consumo e mais na ética, na relações pessoais, na espiritualidade e na alegria. É necessária uma mudança do paradigma da sociedade.

 

Nota: Apesar da minha amiga Nucha treschavenasdecha.blogs.sapo.pt/53301.html se referir a mim quando nos fala de uma das exposições da experimentadesign, foi ela que me deu a conhecer o conceito Timeless. Que tal pensarmos nas suas palavras?

 

Soube-me bem: A manhã passada na Fundação Oriente.

 

Foi inspirador: Lembrar-me do conceito "UBUNTU" ao folhear pela enésima vez o livro: Me We - Love Humanity & Us - um dos livros mais bonitos que já vi. Aqui fica a sinopse:

 

Ubuntu is an African ideology which roughly translates as humanity towards others and emanates from the belief that a universal bond connects all humanity. In Me We, this human connection is captured in a breathtaking collection of images from across the globe. Me We is an epic photographic project featuring images of love, kindness, tolerance, hope and compassion, captured by the world's top photojournalists, and is a stunning addition to the Ubuntu collection.

 

Agradeço: Os laços que nos ligam.

 

 

 

publicado por descobrirafelicidade às 16:25
link do post | favorito
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 


mais sobre mim

pesquisar

 

Maio 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

posts recentes

Portfolio da felicidade

Amizade, respeito e liber...

Magnolia

Recursos emocionais renov...

Três lições do Tao

A bagagem da outra pessoa

Nostalgia

Encontrar o nosso "apelo ...

Coerência interna

Autonomia interior

arquivos

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009



“Tenho uma missão, embora pequena: Ajudar outros que, como eu, andam à procura, quanto mais não seja pelo facto de lhes garantir que não estão sós.”

Herman Hesse

tags

todas as tags